quinta-feira, 28 de março de 2013

Os seminários

  Olá pessoal, tudo bem? Espero que estejam todos bem. Vim compartilhar com vocês sobre a minha opinião e o meu entendimento sobre as apresentações dos seminários da turma da manha, EDC 287, e vou logo dizendo que foi muito legal.
  A experiência foi de extrema importância para a absorção dos conhecimentos que tramitaram durante as apresentações. A primeira equipe ficou encarregada de nos falar sobre Rádio e Educação, e acrescento que foi a apresentação que mais me surpreendeu, pois esta habituada a utilização de outros meios pro desenvolver da aula, e não conseguia ver muito a relação do rádio com a educação. Logo em seguida, foi a minha equipe, ficamos com o tema "Tv e Vídeo na Educação", e preciso dizer, que aprendi muito, havia tramitações nos planos do governo que eu não conhecia, adorei o desenvolvimento do tema e as discussões lançadas em sala.
  Na outra semana, estivemos com o tema "Impressos e Educação", o que me permite dizer, que o tema foi bem desenvolvido pela turma, curiosidades surgiram, e as meninas deram um show. A relação com os impressos na educação já vem de muito tempo, o que ampliou as discussões. E no final da manhã, outras meninas apresentaram o tema mais esperado , [risos] "Internet e Educação", pois a nossa relação com a internet é sempre muito grande e com isso percebemos o crescimento e a evolução dela dentro da educação. Enfim, foi uma junção de conhecimentos que na prática se concretizou, valeu a pena participar!


sábado, 2 de março de 2013

MPS (Mucopolissacaridose)

Olá pessoal, vim aqui compartilhar com vocês uma nova descoberta que fiz. Trata-se de uma doença metabólica hereditária,
causadas por erros inatos do metabolismo que levam a falta de funcionamento adequado de determinadas enzimas, que são substâncias que participam de muitas reações químicas no nosso corpo, mantendo-nos vivos e com saúde e o nome da doença é Mucopolissacaridose ou como ficou conhecida aqui no Brasil MPS. Mais porque esse nome? Porque é uma doença que devido a ausência de algumas enzimas muitos funiconamentos do organismo ficam prejudicados, e são muitos mesmo. Existem 7 tipos dessa doença, que são o I, II, III, IV, V, VII  e IX. Logo quando foi descoberta a lógica foi de que o nome seria dos cientistas as quais a descobrissem e assim foi. Mais, tenho que falar que é uma doença muito rara, de acordo com pesquisas, aqui no Brasil, desde 2004, são apenas 88 casos. A criança já nasce com a MPS, quando há ativo no seu pai o gene produtor da doença, e também em sua mãe. Os portadores de MPS, tem as caracteristicas fisicas bastante diferente de pessoas, ditas normais, por causa do mau funcionamento de algumas cálulas, há o atrofiamento das maos, a coluna encolhe, e por isso eles tem uma baixa estatura, têm também uma baixa visão e não escutam perfeitamente. Os portadores de MPS, possuem a inteligencia normal, o que é mais importante, é uma pena que só vivam no máximo de 20 à 30 anos. E antes que eu me esqueça, há formas leves, moderadas e graves da doença.

Agora segue algumas imagens desses portadores.



segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Software Livre x Software Proprietário !

A liberdade de acesso que todos precisam pode ser alcançada no uso do sistema operacional Linux, mais isso porque ? Porque o Linux é um software livre, onde não precisamos comprar de empresas, como é o caso de empresas de computadores em que vendem as máquinas já incluso um sistema operacional que seja de baixo custo para elas, enfim, o proprietário ja se trata de um recurso que não temos a disponibilidade de navegar na rede sabendo que se trata de um outro universo dos softwares.

http://www.zun.com.br/fotos/2011/08/Software-Livre-Vantagens-e-Desvantagens.jpg




segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

INCLUSÃO DIGITAL



Nosso vídeo sobre a Inclusão digital, que fala sobre as crianças que querem se inserir no meio tecnológico para aprender ainda mais ! Vale a pena assistir, curta !

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Educação na atualidade

A partir da utilização dos novos meios de integração entre os conhecimentos e saberes, têm-se observado o enorme avanço nas questões de estimulação de raciocínio. Mais como assim? Percebe-se que com a evolução dessas técnicas de ensino-aprendizagem, as pessoas estão ficando cada vez mais curiosas num sentido positivo no que diz questão ao querer conhecer e por isso se integrar a essas novas mudanças. De acordo com Levy, em seu XI capítulo, hoje em dia mais do que nunca a demanda de pessoas querendo aprender algo é enorme e por isso há uma necessidade de melhorar o ensino superior para que se haja uma melhor formação dos professores, e para que não se forme cada dia mais professores alienados e com poucas experiências no meio virtual, visto que a necessidade de se integrar ao contexto das redes na atualidade está muito forte.
  É neste capítulo também que ele expressa o seu ponto de vista a cerca do novo papel que o professor tem diante dos artifícios que se pode usar em sala de aulas como: as multimídias e o uso dos computadores para tornar lúdica e interativa as aulas, contudo, trata-se de uma questão que é principalmente política e que esforços das autoridades competentes é quase mínima. Sendo assim, compreendo que deveria haver mais interação entre os professores como atuantes na área da educação e também do seu governo, para que ambos multipliquem uma educação de qualidade.

http://www.brasilescola.com/upload/e/sala%20de%20projecao(1).jpg

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Beneficios e Maleficios da Internet

Há alguns anos atrás, houve a implantação de locais com acesso à internet gratuito para a população, onde as pessoas das comunidades mais carentes, que não tinham a facilidade de acesso, pudessem se conectar e comunicar com as pessoas em âmbito global. De fato, é nítido que no inicio foi algo positivo, pois principalmente as crianças passaram a conhecer o mundo virtual, e a fazer os trabalhos escolares, por exemplo. Mais em contra partida, o uso de livros como fonte de pesquisa foi ficando cada vez mais esquecido, por meio dos estudantes, pois, a internet passou a supostamente facilitar na ora da pesquisa, pois é só a abrir a pagina do Google digitar o que deseja pesquisar, e eles disponibilizam um leque de opções para o que o pesquisador deseja, e só basta clicar e rapidamente a pagina abre com o desejado. Isso infelizmente fez com que os jovens ficassem cada vez mais acomodados, e perdessem o estimulo a procurar por muito tempo a pesquisa desejada, usando a primeira fonte que aparece, e que em muitos casos não são confiáveis. Nos últimos anos, e principalmente com a ascensão do Brasil de país subdesenvolvido para em desenvolvimento, as condições de vida da população brasileira também melhoraram. As famílias das classes mais baixas passaram a ter maior facilidade de credito, e isso fez com que os computadores invadissem os lares brasileiros. O parte negativa disso tudo é que as crianças invadem o mundo virtual cada vez mais jovem, os pais não impõem limites. As crianças criam perfis nas redes sócias com idades falsas e entram em um outro mundo, que alguns chamam de mundo virtual. Eles esquecem de tudo e de todos, e a atenção torna-se exclusiva as pessoas que fazem parte desse mundo, onde os riscos são grandes, e as crianças mantém contatos com pedófilos, que aproveitam das redes sócias para usar seus planos maléficos, marcam encontros, em alguns caso vão encontrar as crianças nas portas das escolas, e curiosamente também usam idades falsas e perfis falsos nas redes sócias para fazerem essas monstruosidades. 
http://4.bp.blogspot.com/_6F7pzmpJK-M/SP4-OzX8MBI/AAAAAAAAAgk/uKVPEiwjOck/s320/crian%C3%A7a+e+computador.jpg

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

As constantes mudanças dos métodos de comunicação.

A partir das considerações sobre a Cybercultura feitas pelo filósofo Pierre Levy, o que ressalto aqui é a questão da evolução dos sistemas de uso das comunicações da sociedade. Antigamente, era muito normal que se usasse como instrumento de escrita as cartas, e já hoje é tudo muito mais informatizado, contudo não se dá mais a importância que a leitura impressa tinha, é tudo mais rápido e considerável para a interpretação dos conhecimentos. Acredito que para que se insiram novos métodos de comunicação ainda mais avançados não existe a necessidade de simplesmente esquecer ou deixar de lado as outras experiências, as outras formas de construção do saber, sendo assim é bom que se haja as interações e discussões e não apenas a aglomerações de conteúdo. A exemplo diss tẽm se o vício constante de se estar presente nos bate-papo das redes sociais, visto que uma pessoa sai de casa tendo acabado de acessar sua conta e ao chegar em outro espaço acessa pelo dispositivo móvel. Isso também é interação só que de forma exagerada.